segunda-feira, 31 de março de 2008

É Sopa!!!


id="BLOGGER_PHOTO_ID_5183949529564807698" style="DISPLAY: block; MARGIN: 0px auto 10px; CURSOR: hand; TEXT-ALIGN: center" alt="" src="http://4.bp.blogspot.com/_NofYCgHHgdM/R_EWoaNDghI/AAAAAAAAALM/ni2RJwFTQwk/s400/Capa+-+sopa.jpg" border="0" />








"Na roda do pilão é ouro só,
na roda do pilão é ouro só"

Aconteceu a primeira sopa de 2008, que inicia as oficinas de arte e identidade com as crianças do projeto Sonhos e bonecos e Grãos de Luz e Griô em Rio de Contas...Essa Sopa é tradição em Lençóis e esperamos que seja aqui também!

Foi no bairro VERMELHÃO...

Estávamos subindo a rua com nossas panelas e verduras, quando encontramos com Tide de Mundinho e resolvemos fazer a sopa ali mesmo em frente da casa de Tide!

Contou de quando era pequena, olha ela aí dançando no meio da roda...

ELA NOS ENSINOU ESSAS E OUTRAS CANTIGAS QUE BRINCAMOS NA RODA!

" Na rua de cima tem um tabaréu
ele pede eu te dou a copa do chapéu,
ele pede eu te dou a copa do chapéu...

Na rua de baixo tem um cidadão
ele pede eu te dou um aperto de mão
ele pede eu te dou um aperto de mão"

Recebemos a ajudada de Lúcia que fez o tempero da sopa... huuummmmm!!!

Obrigada Tide e comunidade do Vermelhão!

quinta-feira, 20 de março de 2008

Brasil Alfabetizado: Paramirim!



A caminhada do Brasil Alfabetizado chega até Paramirim!

Conduzi uma vivência da Pedagogia Griô com um grupo de mais de 40 alfabetizadores. Falamos de tradição oral e diversidade cultural, tive a honra de ser acompanhada no pandeiro por seu Angevaldo, reiseiro da região que se encantou com a Kalimba, falei que é um instrumento usado na África nas grandes caminhadas e ele ficou olhando para ver como fazia. No ritual do contador de histórias ele também nos contou que quando o terno de reis de lá se formou, em 1976 (eu tinha um aninho!), os instrumentos eram feitos pelos próprios cantadortes e as flautas eram feitas de talo de chuchu, fiquei encantada com isso e até hoje permanecem com a formação inicial de seu Pedro e seu Joaquim , que nunca falaram um ano. O tempo foi curto para tanta prosa...

No final do encontro cada grupo falou da importância de valorizar cada saber para a mediação do processo de alfabetização!

Um grande abraço, e muita força nessa caminhada!

segunda-feira, 10 de março de 2008

Caminhada em Brumado...


Pessoal, consegui esta foto com Isabel, diretora da escola municipal de Marculino Moura daqui de Rio de Contas mesmo, foi da caminhada da Nega do Zofir na Conferência Regional de Educação Básica em Brumado, Já relatei em um post anterior, confira lá!

Flávia Pacheco.

quinta-feira, 6 de março de 2008

Mais Jussiape...

domingo, 2 de março de 2008

JUSSIAPE... foi linnnndo!!!


“Ô Maria Manteiga, meu bem,
você dá desse lado, eu Também.
Você dá desse outro, eu também dô,
umbigada no meio, que mal tem!!!” (Cantiga que aprendi com minha avó Almerinda , de 96 anos , que quando criança via os ex-escravos da fazenda de seu pai cantarem e dançarem. E foi em Jussiape que a professora Nalva, com sua vitalidade e animação me relembrou.)

Nossa caminhada chega a Jussiape, município vizinho de Rio de Contas, e lá encontramos uma riqueza de pessoas, educadores dispostos a aprender ensinando! Participaram também alguns professores de Caraguataí.
O convite para essa Semana Pedagógica partiu da Profª Drª Tânia Gusmão, pessoas simples que apesar do título "fala a nossa língua". Foi curioso esse encontro com Taninha, quando fui fazer a Semana Pedagógica de Macaúbas, vi que junto comigo iria palestrar uma Drª em Matemática, logo esta disciplina que tenho tanto trauma, e quando vi, ela falando de Matemática contando histórias me encantei .

Como diriam "as pedras se encontram que dirá as pessoas" ela é filha de Rio de Contas e mora em Conquista e eu, filha de Conquista morando em Rio de Contas, demos muitas risadas dessa coincidência!

Falei sobre a Lei 10.639/03, abordando a História e Cultura Afro-Brasileira e a história Bia Borboleta de Maria das Graças Sales, a mesma autora de Dandara, me ajudou a falar sobre a importância das nossas origem e de buscá-la. Lembramos da Menina Bonita do Laço de Fita de Ana Maria Machado, e de “seus olhos como duas azeitonas pretas e brilhantes” e de “sua pele que era escura e lustrosa como o pêlo da pantera negra quando pula na chuva, seus cabelos eram feitos fiapos da noite... ela parecia uma princesa das terras da África ou uma fada do reino do luar ”. Conhecemos vários outros livros que tratam desse tema e cantamos e celebramos em uma Vivência da Pedagogia Griô. Isso tudo foi no dia 28/02, nesse dia também Tânia falou sobre Letramento Matemático e Avaliação
No dia 29/02 confeccionamos os Aventais de contar histórias, todos com uma beleza e criatividade sem par, gente que povo “danado”!!! E o teatro com jornal então? Nem se fala, de igual criatividade e beleza, rimos muito! Taninha abordou o trabalho com Medidas de Grandezas no Ensino Fundamental I e II, usando palitos e os “POLIMINÓS” (um poliminó é uma figura geométrica plana formada por quadrados iguais, conectados entre si de modo que pelo menos um lado de cada quadrado coincida com um lado de outro quadrado) que deram origem ao jogo tetris, aqueles joguinhos eletrônicos dos minis-games.
Terminamos essa jornada com a apresentação das produções dos educadores nesses dois dias ... FOI UM SHOWWW!!!

Fomos recebidos com muito carinho e atenção, Carla, diretora do Jesuina, colégio que trabalhamos, e sua vice nos cobriram de cuidados!
E os professores de Caraguataí , que também participaram? Também demonstraram um enorme carinho por nós.

AGRADECEMOS A TODOS ESSES EDUCADORES FANTÁSTICOS QUE VALORIZARAM O NOSSO TRABALHO NESSES DOIS DIAS DE INTENSA CONVIVÊNCIA...

E como eu sei que ficou o gostinho de quero mais...

ATÉ A PRÓXIMA!!!

Flávia Pacheco.